sábado, 11 de junho de 2011

A joaninha e a margarida


Era uma vez uma joaninha
de capa vermelha com bolinhas pretas

Vivia sozinha num pomar
E não tinha com quem conversar

As irmãs casaram
Os pais voltaram para o interior

Sábados e domingos
Ficava quieta dormindo

Então, numa noite sem sono
Perambulou por um jardim

Foi assim que descobriu uma amiga
A linda flor margarida

3 comentários:

✿ chica disse...

Que linda descoberta da joaninha! beijos,tudo de bom,chica

Gracita disse...

que joaninha esperta! Escolheu a flor mais delicada e bela... a margarida.
Lindo poema! Parabéns!
Bjos
Gracita

Dirk Rosin disse...

beautifull picture!