terça-feira, 21 de setembro de 2010

Pequenas coisas


É de manhã
Uma flor se aventura
Lilás e cheirosa
Por entre o verde
Há em redor uma festa
De botões vermelhos
Que dançam com o orvalho
Ou seria água de um regador?
Uma voz doce melodiosa
Vinda de um lugar de perto
Dentro dela há sóis claros
Trá  - lá - lás
E um cheiro de outras flores
Da menina que vem sempre
Nunca pega um botão ou flor
Apenas inventa histórias...

Um comentário:

Chica disse...

Lindo,lindo e essa menina sabe das coisas.

Contar histórias é melhor do que pegar flores...

beijos,tudo de bom,chica